ONU desenvolve agricultura sustentável na África Austral

Africa AustralA Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) lançou um projeto para o desenvolvimento da agricultura sustentável na África Austral. A África Austral é a parte sul de África formada pelos seguintes países: África do Sul, Angola, Botsuana, Lesoto, Madagáscar, Malaui, Maurícia, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabue.

A iniciativa, no valor de 2,9 milhões de euros (R$ 9 milhões), foi divulgada semana passada, em Pemba, na província de Cabo Delgado, em Moçambique.

Com duração de três anos, o projeto será implantado em países da região com problemas alimentares, segundo um documento divulgado pela FAO.

O plano abrange cerca de 23.700 agricultores de Moçambique, Suazilândia, Lesoto e Zimbábue, e visa também o aproveitamento sustentável dos solos para a agricultura em relação às mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global.

Segundo o documento, o impacto resultante deste projeto vai melhorar os esforços nacionais e regionais para a produção da agricultura sustentável, para a segurança alimentar e a gestão de recursos naturais.

Projeto:

A entidade da ONU indicou que o plano em questão estará sob a supervisão geral do Serviço de Operações de Emergência (TCEO) e supervisão direta da Coordenação de Emergências Regionais do Sul da África da FAO, bem como de um especialista da gestão de águas e solo, baseado no escritório sub-regional da entidade em Harare, no Zimbábue.

O projeto terá ainda apoio logístico da Divisão de Serviços Técnicos da FAO, em cooperação conjunta com ministérios dos países africanos e outras organizações internacionais.

A FAO, em parceria com governos nacionais, organizações internacionais e outras entidades, tem desenvolvido tecnologias de sustentabilidade em vários setores da agricultura e em regiões agro-ecológicas.

Fonte: http://www.agencialusa.com.br/index.php?iden=21187

Imagem: wikimedia.org/wikipedia